Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos de uma mãe solteira...

O dia - a - dia de uma mãe solteira e de uma princesa furacão.

Desabafos de uma mãe solteira...

O dia - a - dia de uma mãe solteira e de uma princesa furacão.

Snif, Snif....

constipada.jpg

 

 

E hoje acordei assim.... ranhosa... atchim, atchim......

Gosto de encontrar um lado positivo disto... mas não vejo....

Snif, atchim

Cá em casa parece uma sinfonia ou espirro eu ou a criança... estamos num tipo de competição.....

Como gostaria de hoje, ficar a fingir de morta na minha adorada caminha....

Mas lá tenho que me arrastar para o trabalho.....

 

Ideia brilhante...pois...

 

cabelos-encaracolados.jpg   Ontem á noite tive uma ideia brilhante.... "cachear" o cabelo...

   Já tinha experimentado na princesa, (sim que de vez em quando ela serve de cobaia), e tenho que admitir que o resultado foi muito bom.

   E lá eu fui eu dormir toda contente pois ia acordar com o cabelo com caracóis.....

   Pior foi mesmo hoje quando acordei e fui ver a obra prima...... aaaaaiiiii que o halloween ainda não é hoje...

Para ajudar... as manhãs nesta casa são sempre uma correderia e não me sobrou tempo para tentar baixar o volume da farta cabeleira....  e aqui vou eu levar a criança á escola com um penteado..... ui ui

   Como rotina lá fui eu beber café com os papás..... deviam ter visto a cara do meu pai quando sai do carro....

   Deve ter pensado que o meu cabelo tinha ganho vida e estava a tentar se pirar dali para fora...

   E em vez do normal  bom dia.... perguntou-me  senão não tinha escova em casa... obrigadinho pai... logo eu que ando sempre com um elástico, hoje não o encontro em lado nenhum.....

cabelos-encaracolados.jpg

 

 

 

 

 

 

         Como eu queria ficar

 

 

 

 

 

corte-cabelos-afros.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como

  eu

fiquei

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Defeitos

leoa-envergonhada.jpg

   Um dos muitos defeitos que tenho, é o facto ser aérea... como isso não basta-se... junta-se o facto de não ter filtro entre o cérebro e a boca...

   Defeitos esses que têm me colocado em situações... um tanto ou quanto embaraçosas....

    Claro está, que acaba sempre por ser um motivo de gargalhadas entre amigas e colegas.

    O bom da questão é que na maioria das vezes as pessoas acabam por se rir e eu saio ilesa....

    A minha filha já se habituou ás bacoradas que a mãe vai dizendo quando ela menos espera.... a coitada ri-se e diz que sou mesmo doida, vai-se lá entender o porquê.....

  Nomes de pessoas.... hum outra coisa que para mim..... terrível.... pareço já ter uns 100 anos e vou dizendo nomes até acertar. por isso acabei por adoptar um sistema quase (e leia-se quase) infalível.... tratar as mulheres por linda, fofa e quida.... aos homens por rapaz ou falar, falar mas não mencionar nome....

  Mas isto de ser aérea é mesmo assim e volta e meia lá ando a baptizar o pessoal....  

  O caso é tão grave que não fica por aqui.... as coisas nesta casa têm vida própria... estou convencida disso.... a chaves não param sossegadas, o comando da televisão passeia-me pela casa toda, até na casa de banho já o encontrei vai-se lá saber o porquê....

  E não, não é da idade tipo tás velha e tal na na... defeito de fabrico... é que sempre fui assim...

  Estava eu no final da minha gravidez, já no final do dia a caminho de casa, no carro com o meu mano e a minha mãe quando me lembrei-me de saber que lua estava e no meio de uma conversa qualquer saiu-me:

            EU - Epá vejam lá se vêem a lua.

            MANO - Porra também nunca sabes onde metes as coisas....

  Ok sei que sou aérea... mas a lua mano???????

 

   

Princesa tsunami....

 

furacao.jpg

 Estou a pensar em mudar o nome da minha filha... talvez para Katrina.... ou tsunami....

   Anda uma pessoas a arrumar a casa no seu dia de folga em vez de estar escarrapachada no sofá e a "princesa" consegue pôr a casa de pantanas enquanto faço o jantar....

   Pior é que ando tão distraída que abandonei a sala ontem á noite (depois de pedir umas cem vezes para ela largar o computador) absorvida por pensamentos que nem dei conta....

  Céu como é possível...

  Hoje ainda cheia de ramelas e descabelada, (sim que isso de acordar bela é só mesmo em filmes), entro na sala e o que vejo....

  É caixas e caixinhas dos benditos elásticos, revistas e elásticos por tudo o que é sitio.... fiquei parada a olhar e a tentar me lembrar se tinha deixado assim a sala na noite anterior....

  Mas como a vida é uma aprendizagem constante.... a dita princesa que mais parece um tsunami hoje vai ter a surpresa de chegar a casa e ter que arrumar esta bagunça  toda....

  Enquanto a adorável mãe estará escarrapachada no sofá..... e ao computador...

Passarinho azul...

 

Ora falemos de namorados.... 

Claro está a mãe está solteira mas não morta.... quase morta lol

De momento a referida mãe encontra-se solteirinha da vida sem expectativas da coisa mudar nos próximos tempos...

Não é que não haja passarinho azul na costa... mas o passarinho voa sem saber, e a mãe espera que assim seja por muito tempo... 

Tenho que acrescentar que o passarinho é deveras bonito, interessante, com um quê de mau feitio, bonito, misterioso e claro bonito... O tipo de passarinho que devemos deixar voar mas não queremos.... 

Claro está que se o passarinho tivesse tudo o que uma mulher sonha e bonito.... ou era comprometido ou eu nem o via .... É sempre bom verificar que a minha pontaria continua a ser para casos difíceis.... 

A verdade é que o raio do pássaro tem a mania de aparecer quando e onde não se está á espera fazendo que o coração da mãe dispare.... qualquer dia ainda vou parar ao médico com problemas cardíacos.... lá esta.... uma pessoa está descansada a almoçar sabendo que o passarinho voa por outras bandas, joga o comer á boca e ele aparece do nada.... conclusão.... terrível esforço para não me engasgar....

Não é justo....

Esperemos então que o tempo passe e que o dito passarinho azul continue a voar....

 

Assinado

         A mãe

Era uma vez....

  Quantas seremos???????

  Muitas provavelmente,  muitas a viverem as mesmas coisas em toda a parte do mundo....

  Pois eu apenas poderei falar de mim e da minha pequena... quase grande menina...

   Afinal é " Desabafos de uma mãe solteira " ; )

   Já passaram 12 anos desde que segurei pela primeira vez a minha bebé, pequena, indefesa sem fazer a mínima ideia, de todas as coisas que se passavam ao seu redor... por tudo o que me passava pela cabeça,  todas as decisões que devia tomar. Se foram as correctas? Estou convencida que sim.

   Quando a minha princesa fez 4 meses, peguei nela e decidi que o meu caminho não seria ao lado do pai dela e desde então percorremos esta estrada da vida as duas.

   Durante estes 12 anos muito se passou, tive alturas boas, más e assim assim, mas pude sempre contar com o apoio dos meus pais.

    E assim começa a minha história.....

   Vivo num palácio,das janelas posso ver o grande jardim, onde as flores brotam de todas as cores.... naaaahh vivo mesmo num pequeno apartamento e das janelas apenas vejo cimento..... lol

   Hoje para começar bem o dia o despertador não quis colaborar comigo, entrou numa espécie de greve e... coitada da criança faltou ao teste de matemática rsrsrsrs

   Tenho que acrescentar que fui a única que ficou aborrecida com a situação.... hum porque será?????

   Nesta casa de manhã é sempre uma animação.... mãe acelerada versus criança descontraída....

  A mãe corre, grita, veste-se enquanto a criança (12 anos) continua descontraída a tirar o pijama ou simplesmente a olhar para o tecto.... tenho que acrescentar que o despertador toca sempre uma hora antes... quer dizer quando não está de greve como foi o caso de hoje... escusado será dizer que para a minha filha essa hora não chega.... e acabamos sempre por sair a correr de casa com a mãe de cabelos no ar.... tanta descontracção de manhã faz-me mal...

   Sempre pensei que esta "descontracção" passava com o tempo.... wrong... parece que se está a agravar a cada ano que passa... não há pressa para ir para a escola, comer, tomar banho, lavar os dentes, deitar já para não falar dos malfadados TPC e da matéria a estudar para os testes. É uma descontracção tal que me mexe profundamente com os nervos...  

   Saudades dos tempos que a vestia num abrir e fechar de olhos, preparava-me e sai de casa... descontraída....