Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos de uma mãe solteira...

O dia - a - dia de uma mãe solteira e de uma princesa furacão.

Desabafos de uma mãe solteira...

O dia - a - dia de uma mãe solteira e de uma princesa furacão.

Desafio Recordar é viver

criança.jpg

Ora aqui estou para o desafio lançado pelo Pai.

Peço desculpa pela demora mas aqui estou eu para recordar um momento de infância....

São vários os que recordo mas decidi escrever acerca deste.... Talvez porque me marcou....

Vivia numa pequena vila no Algarve, ficava a 3 km da praia, onde as chaves das casas ficavam todo o dia penduradas na porta do lado da rua. 

Lá por casa havia sempre algum bicharoco, ás vezes mais que um...

Era os bichos de seda, a cachorra e os.... cágados...

Os cágados.... pois....

E assim começa a história....

Era uma vez uma pequena criança, que corria e saltava no recreio da escola.

No meio da brincadeira o seu colega começa a falar, sobre as suas proezas com os seus animais de estimação.... os cágados...

Ele afirmava que equilibrava o seu cágado na ponta do pincel.

Isso deu motivo de debate... enquanto uns diziam que era impossível, ele teimava em que conseguia, chegou mesmo a convencer alguns a irem a sua casa para ver como ele fazia.

Na cabeça da pequena criança apenas surgia uma pergunta:

Como é que ele faz aquilo?????

O certo é esse dia parecia que as horas não passavam, a criança apenas queria ir para perto dos seus cágados....

Assim que as aulas terminaram, lá foi ela a correr como se não houvesse amanhã.

Mal entrou em casa, foi direitinha aos cágados....

Enquanto a sua mãe fazia o seu lanche, a pequena criança lá foi tentar equilibrar o cágado no pincel.....

E foi então que começou o choro e a gritaria:

- Mãe!!!! Oh mãe!!!!!! O cágado morreu!!!

A mãe largou tudo e correu na direcção da pequena criança.

- O que foi filha!

- O cágado morreu, ai o meu cágado morreu!!!! ( entre soluços )

- Oh filha!!! Mas morreu como?

Foi quando a pequena criança mostrou á mãe o cágado com um pincel a atravessado de um lado ao outro...

- Mas o que é que fizeste?!!!!!

- O meu colega disse que o equilibrava num pincel, e eu fui tentar.... eu só fiz um pouco de força e.... isto furou...

Ainda hoje quando vejo cágados recordo-me sempre do bicho com o pincel espetado...

Sim é verdade.... pareço boa pessoa mas já matei um cágado.

 

Desta vez não irei nomear ninguém,  por isso não se acanhem e contem lá a vossa recordação considerem-se todos nomeados.

Pois Recordar é Viver

5 comentários

Comentar post